Veni, vidi, vici

   Sente no divã.

01:38

I'm Back.

Refletido por Bianca |

Hi!

Sim eu acho que definitivamente eu tenha voltado, ou talvez esteja só querendo ter um tempo em que eu saiba que posso escrever por aqui, falar o que eu penso e mesmo sabendo que ninguém ou quase ninguém vai ler, eu me sinto realmente aliviada em falar, primeiro post depois de quase 2 meses inteiros sem falar nada nem dar notícias, mesmo que para o vazio da internet. Pois bem, eu estou viva, apesar de problemas que realmente acontecem por onde eu passe estou viva! O melhor de estar viva eu acho que é a possibilidade de fazer o que realmente acha que deve, dizer o que pensa e ser uma pessoa melhor, e não é por ter tantos problemas que a vida tem que ser difícil, a vida sempre é difícil, mas se você pensar que os problemas vão se resolver ou que você vai conseguir passar por aquilo sem danos, com certeza tudo vai dar certo, e não falo isso por falar, realmente acredito nisso, acredito que as pessoas, algumas pessoas só precisam do devido apoio para passarem por dificuldade, elas estão entre nós, só precisamos dar uma mão, ouvir e tentar aconselhar, nada mais fácil do que isso, porém pode ser complicado para muitas pessoas. Mas primeiro contarei de modo resumido e direto o começo de todos meus pensamentos:

Sem querer ofender ninguém e talz, mas uma imagem vale por muitas palavras né? Entãao, sim eu aprendi muito com um seriado adolescente considerado bastante fútil por mim , em muitos momentos, porém prestando atenção em como esse seriado pode ser realmente viciante e mesmo sendo extremamente cansativo em MUITOS momentos, eu tirei boas lições.

Lições do tipo:
1-Como queimar uma casa em menos de 5 minutos.
Extremamente útil! Nunca se sabe quando teremos que apagar os restígios de qualquer coisa.
2-Como roubar carros.
Dã! moleza... mas aprendemos mais detalhadamente nesse seriado.
3-Se drogar,beber e transar à vontade.
HUAHUAHAUHAUAHUAHUAHUAHAUHA oks.. isso é fácil até.

Mas deixando as brincadeiras de lado, nesse seriado além de coisas como as ditas acima, me ensinou também o valor de uma amizade; que a verdade sempre aparece; e como devemos tratar uns aos outros, na verdade esse seriado foi a melhor coisa já assistida por mim nesse ano. Esse seriado mostra muito de perto diversos tipos de romances, os vem-e-vão e os que são realmente alma gêmeas. Não posso falar sobre o amor, apesar de algumas coisas já vividas (e que não deram certo)
, acredito nisso. Para isso deixo uma mensagem:



"O verdadeiro amor é como os fantasmas.
Todos falam nele, mas ainda ninguém o viu."
Fide da Rocha



Mesmo que alguém ache que já sentiu amor por alguém, eu digo que o amor deve ser algo realmente mais profundo, uma fusão de sentimentos e emoções. E bah, esse post não teve pé nem cabeça, porém foi bom para o meu chamado: post recomeço .

Sim.. eu voltarei a postar, sem dia-mês-hora certos, porém, voltarei.




Beijos!

5 Idéias:

Stalker. disse...

Acabei achando esse blog por coincidência, e acabei por ler todos os posts. E não imaginava que fosses assim.

Stalker. disse...

Hey;
California's waiting for us.
Every little thing's gotta be just right.

Bianca disse...

Bem.. Stalker, eu tentei mandar um comentário para algum lugar, mas o link está para a comunidade, então entrei no perfil do dono, mas resolvi te responder por aqui.
Espero que tenha gostado do blog, é bom que alguém se identifique com meus pensamentos estranhos.

Own! California here we come
Right back where we started from ♪

Beijos, e apareça sempre.

Luis disse...

é uma contradição interessante quando aquilo que vc julgava fútil lhe gera uma porção de novos aprendizados.Em relação ao amor,é realmente dificil saber quando senti-lo e ainda mais descreve-lo,mas de uma certa forma,concordo contigo:é um fluxo desordenado e caotico de sentimentos,não há uma ordem.Se ouvesse,seria mais facil descrever sobre o misterio de amar.
=**

Rafael Farias disse...

"na verdade esse seriado foi a melhor coisa já assistida por mim nesse ano."

Parei de ler aqui

Postar um comentário

Subscribe